Cid Gomes tem alta hospitalar cinco dias após ser baleado

A assessoria do senador informou neste domingo (23) que os projéteis estão alojados ‘na costela e no pulmão esquerdo’ e não será feito procedimento para retirada. Cid se recupera em casa

  • Por Jovem Pan
  • 23/02/2020 13h10 - Atualizado em 23/02/2020 13h12
DIDA SAMPAIO / ESTADÃO CONTEÚDOCid Gomes

O senador licenciado Cid Gomes (PDT-CE) recebeu alta hospitalar neste domingo (23). Ele foi liberado após ficar cinco dias internado desde que foi atingido por disparos durante um motim de policiais militares na cidade de Sobral, no Ceará. Na última quarta-feira, o senador usou uma retroescavadeira para tentar invadir um batalhão da PM onde policiais estava em greve.

Na ocasião, Cid foi atingido por dois tiros: um na clavícula e outro atingiu o pulmão. Na última quinta, o senador foi transferido do Hospital do Coração de Sobral para uma unidade de saúde em Fortaleza.

Neste domingo, a assessoria do parlamentar informou que ele está em casa. “Onde continuará em reabilitação, realizando fisioterapia respiratória e uso de antibióticos para restabelecimento da função pulmonar”.

Ainda neste sábado, Cid passou por exame de raio-x que identificou os dois projéteis alojados “um ao lado da costela e outro no pulmão esquerdo, assim como um fragmento de projétil. Não serão realizados procedimentos para a retirada desses projéteis”.