Casos de coronavírus no Brasil passam para 291; suspeitos saltam para 8 mil

  • Por Jovem Pan
  • 17/03/2020 16h24 - Atualizado em 17/03/2020 18h35
EFE/Sebastião MoreiraPrimeiro óbito foi registrado hoje em SP

O Ministério da Saúde afirmou, nesta terça-feira (17), que passou para 291 o número de casos confirmados de coronavírus no Brasil. Os suspeitos saltaram para 8,819, o que representa uma alta de quase 4 mil em relação ao último boletim.

De acordo com o diretor do Departamento de Imunização e Doenças Transmissíveis, Julio Croda, essa diferença grande deve-se ao fato de que, em diversos estados, os casos não estavam sendo validados pela capacidade de checagem manual um a um. “Falamos que é melhor adotar a checagem automatizada para dar transparência. Provavelmente existe erro em 5% desses cerca de 4 mil registrados entre ontem e hoje”, explicou.

Os estados do Rio de Janeiro e São Paulo registraram transmissão comunitária, ou seja, não é possível identificar qual a origem do vírus. Distrito Federal e Sergipe estão em investigação.

Dos casos registrados no Brasil, 166 são importados (57%) , 92 de transmissão local (32%) e 35 de transmissão comunitária (12%), 7 casos estão em investigação (2%).

Segundo o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, hoje começarão a ser instalados os leitos extras de CTI. Aproximadamente 15% da população de São Paulo deve precisar deles. “Nós vamos passar 60 a 90 dias de muito estresse”, disse.

Primeira morte

O secretário estadual de Saúde, José Henrique Germann, confirmou o primeiro óbito por coronavírus no município de São Paulo em entrevista coletiva nesta tarde. Segundo o secretário, a vítima é um homem de 62 anos, diabético e cardiopata, que teve os primeiros sintomas no dia 10 de março.