Em tratamento para Covid-19, prefeito de Manaus é transferido para São Paulo

Arthur Virgílio Neto testou positivo para Covid-19 na última terça-feira (30) e, desde então, estava internado no hospital Adventista, em Manaus; ele tem previsão de alta nos próximos dias

  • Por Jovem Pan
  • 06/07/2020 16h59
Agência SenadoArthur Virgílio Neto, prefeito de Manaus

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, foi transferido para o hospital Sírio Libanês, em São Paulo, nesta segunda-feira (6). Ele testou positivo para Covid-19 na última terça e, desde então, estava se tratando no hospital Adventista, em Manaus.

Segundo ele, a transferência para São Paulo partiu dele próprio e de sua esposa, Elisabeth Valeiko. “Vou fazer check up completo, inclusive da cirurgia que fiz há alguns anos para retirada da próstata, no hospital Sírio Libanês, em São Paulo”, escreveu nas redes sociais.

Virgílio Neto tem 74 anos e foi internado com 25% do pulmão comprometido, mas não precisou de ventilação mecânica. Pelo Twitter, ele informou que deve ter alta nos próximos dias. “Como todos sabem há uma semana estou seguindo com tratamento da Covid-19 e já tenho PCR reduzido para 30%, com previsão de alta nos próximos dias”.

Em nota, a prefeitura de Manaus informou que Virgílio Neto “passa bem e por decisão própria foi transferido para hospital Sírio Libanês, em São Paulo, onde fará check-up e terminará o tratamento da Covid-19”. Segundo boletim médico, emitido pelo hospital Adventista de Manaus, na tarde desta segunda, ele apresenta “melhora global do quadro clínico, mantendo boa saturação em ar ambiente”.