‘CPF cancelado’: Constantino diz que Bolsonaro está ‘alinhado com o povo’ ao comemorar morte de Lázaro

Durante participação no programa 3 em 1 desta segunda-feira, 28, comentarista considerou que o criminoso ‘merecia e foi morto’ em uma ‘operação policial muito bem-sucedida’

  • Por Jovem Pan
  • 28/06/2021 18h51 - Atualizado em 28/06/2021 21h00
Eduardo Bolsonaor/Twitter/Montagem de fotos de reproduçãoO foragido Lázaro Barbosa foi morto após ser baleado em uma troca de tiros com a polícia na manhã desta segunda-feira, 28

O foragido Lázaro Barbosa foi morto após ser baleado em uma troca de tiros com a polícia na manhã desta segunda-feira, 28. Trabalhando para encontrá-lo há 20 dias, a força-tarefa localizou o criminoso na região de Águas Lindas de Goiás, nas proximidades do Distrito Federal (DF). Homicídio, tentativa de homicídio, estupro, roubo, furto, porte ilegal de armas, tentativa de latrocínio, invasão e furto estão entre os crimes cometidos por Lázaro. Ao saber que chegou ao fim a megaoperação, o presidente Jair Bolsonaro comemorou nas redes sociais. “Lázaro: CPF cancelado! Parabéns aos heróis da Polícia Militar de Goiás por darem fim ao terror praticado por este marginal, que humilhou e assassinou homens e mulheres a sangue frio. O Brasil agradece! Agora há menos um bandido para amedrontar as famílias de bem. Suas vítimas, sim, não tiveram uma segunda chance”, registrou o presidente em sua conta oficial no Twitter.

Durante sua participação no programa 3 em 1, da Jovem Pan, o comentarista Rodrigo Constantino considerou correto o posicionamento de Bolsonaro nas redes sociais. “Lázaro morreu após reagir durante uma operação policial. Os policiais atiraram em legítima defesa então ele não foi executado coisa alguma. Lázaro merecia ser morto e foi morto em uma operação muito bem sucedida. Muitas pessoas da esquerda estão lamentando sua morte, dizendo que ele deveria ser ouvido pelos policiais. Em primeiro lugar, ao dizer isso, essas pessoas mostram que não entendem nada sobre a realidade porque a operação ocorreu em uma mata, na qual houve troca de tiros e ameaças. Percebe-se que a esquerda está comovida por Lázaro, não possuindo sequer empatia por suas vítimas estupradas, assaltadas e mortas. O presidente Bolsonaro está completamente alinhado com o povo, CPF cancelado, é isso mesmo, parabéns aos policiais heroicos”, disse o comentarista. Ele ainda criticou as políticas de segurança pública adotadas no Brasil. “Existem muitos Lázaros soltos por aí, que estão estuprando e matando por conta deste sistema podre. Os juízes, os legisladores e a turma de esquerda que defende um sistema leniente com os bandidos possuem as mãos sujas de sangue”, concluiu.

Confira a íntegra da edição do programa 3 em 1 desta segunda-feira, 28: