Deputados madrugam na porta do plenário para audiência de Moro na Câmara

O ministro será ouvido nesta terça-feira (2) por deputados de quatro colegiados: Constituição e Justiça, Trabalho, Direitos Humanos e Fiscalização Financeira e Controle

  • Por Jovem Pan
  • 02/07/2019 11h30
Divulgação/Agência SenadoO ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro

Deputados tanto da oposição, quanto da situação madrugaram na porta do plenário para garantir o nome entre os primeiros que vão questionar o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro. Ele será ouvido nesta terça-feira (2) na Câmara, a respeito das supostas conversas que manteve com procuradores da Operação Lava Jato e que foram vazadas pelo site The Intercept Brasil.

O ministro será ouvido por deputados de quatro colegiados: Constituição e Justiça, Trabalho, Direitos Humanos e Fiscalização Financeira e Controle. O encontro estava inicialmente previsto para acontecer na quarta-feira da semana passada, mas foi adiado após a justificativa de Moro de uma viagem marcada para os Estados Unidos. Por uma questão de agenda, as sessões foram marcadas conjuntamente.

O primeiro a chegar foi o Coronel Armando (PSL-SC) que está na fila desde as 8h10, quase seis horas antes do início da audiência previsto para as 14h. Entre os oposicionistas, a primeira parlamentar a garantir o seu lugar foi Maria do Rosário (PT-RS), que chegou um pouco depois do deputado do PSL.

É a segunda vez em 15 dias que o ministro comparece ao Congresso Nacional. Na última vez, Moro foi ouvido por senadores em uma audiência na CCJ do Senado, que ocorreu em 19 de junho.

*Com informações do Estadão Conteúdo