São Paulo anuncia R$ 1 bi para universidades estaduais paulistas até o fim de 2021

Governo de João Doria ainda aumentará recursos para instituições de ensino e pesquisa em 2022

  • Por Jovem Pan
  • 20/10/2021 17h48 - Atualizado em 20/10/2021 19h45
ANDRÉ RIBEIRO/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDODoria usou anúncio de mais recursos para universidades para criticar o governo federal

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou nesta quarta, 20, que o Estado repassará R$ 1 bilhão para as três universidades estaduais paulistas, USP (Universidade de São Paulo), Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) e Unesp (Universidade Estadual Paulista) antes do fim de 2021. O montante é superior ao que estava previsto na Lei Orçamentária Anual das instituições. O governo estadual alega que o crédito só se tornou possível por causa da reforma administrativa. “São Paulo vai na direção oposta do governo federal. Enquanto o governo federal corta recursos da ciência, inovação, pesquisa e tecnologia, São Paulo amplia os investimentos em pesquisa e investimentos em ciência e tecnologia”, disse Doria, relembrando que o governo federal recentemente cortou R$ 600 milhões destinados a fundações de pesquisa para redistribuir entre ministérios, e prometeu repor esse dinheiro para a destinação original no futuro.

Doria ainda anunciou aumentos nos orçamentos de 2022 das universidades e da Fundação Paulista de Apoio à Pesquisa (Fapesp). De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, o reajuste no orçamento de 2022 será dividido da seguinte forma: a USP terá aumento de 24%, recebendo R$ 7,6 bilhões; a Unesp receberá R$ 3,8 bilhões, um acréscimo de 22% em relação a 2021; a Unicamp ficará com 17% a mais, totalizando R$ 3,7 bilhões; e a Fapesp ganhará reajuste de 15% sobre o atual orçamento, recebendo R$ 1,85 bilhão. A intenção seria garantir um retorno seguro às aulas e apoiar a pesquisa. Do R$ 1 bilhão extra de 2021, a divisão será a seguinte: R$ 525,6 milhões para a USP, R$ 245 milhões para a Unesp e R$ 229,4 milhões para a Unicamp.