Eduardo Bolsonaro tem reunião com Jair Bolsonaro no Palácio

  • Por Jovem Pan
  • 13/07/2019 16h41
Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil Eduardo e Jair Bolsonaro tiveram reunião neste sábado

Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) teve reunião, neste sábado (13), com seu pai, o presidente Jair Bolsonaro, no Palácio da Alvorada. O encontro acontece depois do deputado ter seu nome indicado como provável embaixador do Brasil nos EUA. Ele já havia adiantado que conversaria com o presidente sobre o assunto.

Não foram divulgados detalhes sobre a conversa à imprensa.

O governo admite que teria sido melhor Bolsonaro ter esperado, pelo menos até a semana que vem, para praticamente indicar o nome do filho como embaixador. A notícia repercutiu mal na Câmara, que votava destaques da reforma da Previdência.

O ministro da coordenação política Luiz Eduardo Ramos, admite que o anúncio acabou gerando polêmica. “Se você me perguntar se podia anunciar na semana que vem? Talvez, no recesso. Durante a semana [foi negativo] porque o pessoal acabou se utilizando disso. Eu fiquei até 1h30 assistindo a GloboNews e a TV Câmara e mudando os canais. Vários deputados que não tinham nada a ver com o processo de votação citaram essa nomeação. Deu direito, para o pessoal falar”, disse Ramos.

Dentro do governo, o que se comenta é que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, também poderia indicar o seu filho Eric para a embaixada norte-americano no Brasil. O presidente Bolsonaro, por sua vez, já rebateu as críticas.

Ele negou a prática de nepotismo e disse que aprovar ou não a indicação depende do senado federal. Em meio à polêmica o presidente afirmou que tentar agradar a todo mundo é o caminho do fracasso. “Vocês querem que eu bote quem? Celso Amorim nos Estados Unidos, que é do Itamaraty? Quem foi o último ministro das relações Exteriores no Brasil? Aloísio Nunes Ferreira. Ninguém falou nada. Não tinha formação nenhuma nessa área. Inclusive, quando jovem, ele foi motorista do Marighella”, afirmou o presidente.