Em evento da ‘bancada da bala’, Flávio Bolsonaro defende projeto de segurança do Planalto

  • Por Jovem Pan
  • 20/03/2019 13h30
Roque de Sá/Agência SenadoEsse é o momento propício para que o projeto vencedor das urnas seja colocado em prática, disse o senador

O senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) defendeu, nesta quarta (20), que o Congresso comece a trabalhar pelas pautas de campanha de Jair Bolsonaro. A defesa foi feita pelo filho do presidente durante o evento de lançamento da Frente da Segurança Pública, também chamada de “bancada da bala”.

“Esse é o momento propício para que o projeto vencedor das urnas seja colocado em prática”, disse Flávio sobre temas de interesse do Planalto, como redução da maioridade penal, sistema carcerário e estatuto do desarmamento. “Vamos tratar bandido como bandido e policial com respeito”.

Com 304 parlamentares, a bancada tem cobrado atenção do Congresso para uma das principais iniciativas do Planalto neste início de ano: o projeto de lei anticrime, elaborado pelo ministro da Justiça, Sérgio Moro.

A proposta, que endurece punições para crimes em diversos pontos do Código Penal, foi colocada à sombra da reforma da Previdência pelo deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara. A ideia é dar prioridade total ao novo regime de aposentadorias, que já tramita na Casa.

Presidente do grupo, o deputado Capitão Augusto (PR-SP) afirmou que a Frente tem como “missão” aprovar o pacote de Moro. “Entendemos a prioridade do governo, mas os membros aqui sabem que nossa bandeira sempre foi segurança pública e combate à corrupção”, disse. “Temos de convencer os presidentes de que nossa reforma não pode ser preterida”, completou.

O ministro Sérgio Moro também compareceu ao lançamento da Frente e pediu aos deputados que acelerem a tramitação do pacote anticrime. “Vou conversar respeitosamente com o presidente da Casa”, disse.