Embaixada dos EUA diz manter apoio por inclusão do Brasil na OCDE

Em nota oficial, a embaixada reitera que a declaração do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, dizendo que daria apoio ao Brasil para se tornar membro da OCDE se mantém

  • Por Jovem Pan
  • 10/10/2019 18h31
Alan Santos/PR

A Embaixada dos Estados Unidos informou nesta quinta-feira (10) que o país mantém o apoio à adesão do Brasil à Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Por meio de nota, a instituição afirmou que apoia “a expansão da OCDE a um ritmo controlado que leve em conta a necessidade de pressionar as reformas de governança e o planejamento de sucessão”.

A manifestação veio após os EUA, mais cedo, dar aval à Argentina e à Romênia para entrada no grupo, e não mencionar o Brasil. A informação foi divulgada pela agência de notícias Bloomberg.

No comunicado, a embaixada reitera que a declaração do presidente Donald Trump dizendo que daria apoio ao Brasil para se tornar um membro da OCDE permanece. “Continuamos mantendo essa declaração.”

A fala do líder norte-americano aconteceu no dia 19 de março, com a presença do presidente Jair Bolsonaro. Na época, Trump afirmou que o Brasil e os Estados Unidos “nunca estiveram tão perto” e que avaliará “muito, muito a sério” a possibilidade de dar ao país sul-americano benefícios próprios da Otan.

A nota destaca, no entanto, que “todos os 36 países membros da OCDE devem concordar, por consenso, com o calendário e a ordem dos convites para iniciar o processo de adesão”.