FAB transfere pacientes com Covid-19 de Manaus para outros estados

O primeiro voo desta sexta-feira, 15, leva nove internados e cinco médicos da capital amazonense para Teresina

  • Por Jovem Pan
  • 15/01/2021 10h33 - Atualizado em 15/01/2021 10h37
Sd A. Soares / Força Aérea BrasileiraSão Luís (MA), Natal (RN), João Pessoa (PB), Brasília (DF) e Goiânia (GO) também estão entre os destinos para transferências

Em meio à falta de oxigênio nos hospitais públicos de Manaus, a Força Aérea Brasileira (FAB) iniciou nesta sexta-feira, 15, a transferência de pacientes com a Covid-19 que serão transportados para tratamento contra a doença em outros estados. Ao todo, nove pacientes e cinco médicos foram transferidos para unidades de saúde de Teresina, uma das seis localidades que devem receber as transferências nos próximos dias. São Luís (MA), Natal (RN), João Pessoa (PB), Brasília (DF) e Goiânia (GO) também estão entre os destinos. A ação visa minimizar os impactos do sistema de saúde na capital do Amazonas, que sofre com a falta de oxigênio para pacientes, assim como com os aumentos de casos, mortes e internações pelo coronavírus.

Segundo assessoria da FAB, no entanto, ainda não há previsão de quantos pacientes serão transferidos, já que os procedimentos dependem de indicações da área da saúde. Para as missões, estão sendo utilizadas duas aeronaves C-99 do Primeiro Esquadrão do Segundo Grupo de Transporte (1º/2º GT) – Esquadrão Condor, acionadas pelo Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE). Em nota enviada à Jovem Pan, a FAB informou que o “Comando da Aeronáutica está dedicando permanentemente o esforço do seu efetivo e de suas aeronaves, 24 horas por dia e 7 dias por semana, em atendimento às necessidades da sociedade brasileira no enfrentamento à pandemia da Covid-19“. Além disso, comunicado reforçou que uma aeronave C-130 Hércules da Força Aérea Brasileira pousou na capital amazonense às 2h10 desta sexta-feira transportante seis cilindros de oxigênio líquido, que totalizam 9.300kg de carga.