Governador da Bahia afirma que Estado tem quase 30 cidades embaixo d’água

Rui Costa (PT) visitou cidades atingidas pelas chuvas e falou sobre a situação, dizendo que o aumento do volume de rios e barragens está afetando os municípios

  • Por Jovem Pan
  • 26/12/2021 14h11
Isac Nóbrega / Presidência da República Área alagada por chuvas em Itamaraju, no sul da Bahia Cidades baianas estão sofrendo com as fortes chuvas que atingiram o Estado nos últimos dias

O governador do Estado da Bahia, Rui Costa (PT) afirmou que quase 30 cidades baianas estão debaixo d’água depois de terem sido atingidas pelas fortes chuvas que chegaram ao Estado nos últimos dias. Em conversa com jornalistas, o governador informou que o volume das chuvas diminuiu, mas que o nível dos rios e barragens subiram nas últimas horas. “Nós estamos neste momento com quase 30 cidades, casas debaixo d’água”, disse Rui Costa, que continuou: “Eram 19 (cidades) ontem, hoje os rios subiram, estamos chegando a 30 cidades e casas completamente alagadas, numa extensão territorial bem grande. Todo apoio é bem-vindo”. O total de mortos no Estado por causa das chuvas subiu para 18 após a última atualização das autoridades.

Para auxiliar no cuidado das vítimas, o governador de São Paulo em exercício, Rodrigo Garcia (PSDB), autorizou o envio de uma força tarefa para a região. O grupo é formado por 36 membros do Corpo de Bombeiros e do Comando de Aviação da Polícia Militar. A força-tarefa seguirá para Ilhéus, uma das regiões mais afetadas pelas chuvas, onde atuará de forma integrada com o grupo instituído por Rui Costa. A força-tarefa do governo paulista será composta por oficiais e praças especialistas em resgates, salvamento e logística. A gestão dos tucanos também disponibilizará dois helicópteros Águia e dois aviões para a atuação na Bahia