Governo de SP triplica vagas do ensino técnico para 2021

Doria anunciou também que vai testar alunos e funcionários das escolas estaduais para a Covid-19

  • Por Jovem Pan
  • 07/10/2020 13h30 - Atualizado em 07/10/2020 13h33
Estadão ConteúdoA ação é uma parceira da Secretaria Estadual de Educação com o Centro Paula Souza

O governo de São Paulo anunciou, nesta quarta-feira (7), a maior expansão da história do ensino técnico no Estado. Serão oferecidas, para o ano que vem, 23.040 vagas no Novotec Integrado em nove cursos gratuitos. Os alunos terão acesso ao ensino profissionalizante na mesma escola em que fazem o ensino médio convencional e no mesmo turno de aulas. A ação é uma parceira da Secretaria Estadual de Educação com o Centro Paula Souza. Os cursos foram escolhidos de acordo com o desejo dos estudantes e a demanda do mercado de trabalho.

Quem escolher cursar o Novotec Integrado terá aulas dentro da própria escola, no mesmo turno de aula e terá direito ao certificado de conclusão de curso convencional e também de habilitação na profissão escolhida. Entre as opções de curso, estão: Administração, Informática para Internet, Desenvolvimento de Sistema, Logística, Recursos Humanos, Marketing, Serviços Jurídicos, Guia de Turismo e Contabilidade. Os cursos tem duração de 3 mil horas e o currículo integra o conteúdo e competência do ensino convencional e da formação técnica profissional.

Parte das aulas serão dadas pelos professores da Secretaria da Educação e outra parte por profissionais do Centro Paula Souza. Para se inscrever, não serão necessários vestibulinhos. Elas poderão ser feitas pelo site da Secretária de Educação e do Novotec até o dia 16 de outubro para alunos da rede municipal e estadual; e até o dia 30 de outubro para alunos da rede privada. Podem se inscrever todos os alunos que estão no 9º ano do ensino fundamental em 2020, seja na rede pública ou particular.

Testes nas escolas

João Doria anunciou também que vai testar, a partir do dia 13 de outubro, alunos e funcionários das escolas estaduais. A testagem em massa tem o objetivo de mapear o nível de infecção para que, aos poucos, tenha-se todos os procedimentos acompanhados pela saúde O governador lembrou que o Estado é o que mais testa no continente latino-americano: 5 milhões de testes para a Covid-19 já foram realizados até o momento.

O inquérito sorológico vai testar 10 mil alunos e 9,3 mil servidores da rede estadual de ensino com o RT-PCR, também conhecido como “teste do cotonete”, mesmo em assintomáticos, em escolas de 20 municípios do Estado. Em cada cidade, serão sorteadas cinco escolas. Em cada escola, serão testados 100 alunos e todos os servidores. O Estado de São Paulo tem, nesta quarta-feira, 1.016.755 casos confirmados de Covid-19 e 36.669 mortos. A taxa de ocupação das UTI está em 43,4% no Estado e 42% na Grande São Paulo. Entre os internados, 3.420 estão em UTI e 4.403 em enfermarias — entre casos confirmados e suspeitos.