‘Hoje não chora a família de um inocente’, diz Bolsonaro sobre sequestro no RJ

Ocorrência durou quase 4 horas e terminou sem danos aos reféns. Atiradores de elite neutralizaram criminoso

  • Por Jovem Pan
  • 20/08/2019 11h18
Marcos Corrêa/PR

O presidente Jair Bolsonaro se manifestou através do Twitter nesta terça (20) após o desfecho do sequestro de um ônibus na ponte Rio-Niterói, no Rio de Janeiro. “Hoje não chora a família de um inocente”, escreveu o chefe do Executivo.

Antes mesmo do final da ocorrência, Bolsonaro já havia dito que os policiais não deveriam “ter pena” do criminoso responsável pelo sequestro. O presidente lembrou o exemplo do caso do ônibus 174, acontecido também no Rio, quando uma professora acabou sendo morta.

Logo após a ação desta terça, ele parabenizou os agentes envolvidos e ressaltou o fato de que nenhum refém saiu ferido. “Parabéns aos policiais do Rio de Janeiro pela ação bem sucedida que pôs fim ao sequestro do ônibus na ponte Rio-Niterói nesta manhã. Criminoso neutralizado e nenhum refém ferido”, escreveu. “Hoje não chora a família de um inocente.”

Após 3h30 de negociações, a situação ocorrida hoje foi neutralizada pela polícia. Por volta das 9h da manhã, uma sequência de tiros foi ouvida, seguida por comemoração de policiais. Um atirador de elite, posicionado em cima de um carro do Corpo de Bombeiros, fez gesto positivo para as equipes de imprensa e curiosos presentes no local e confirmou a morte do sequestrador.