Homem é preso após matar sogro que ameaçou denunciá-lo em Goiânia

Segundo a Polícia Civil, Felipe Gabriel Jardim confessou o crime e que matou João Leão após descobrir que o parente iria denunciá-lo por ameaçar a vida de Kênnia Yanka Leão, companheira do assassino

  • Por Jovem Pan
  • 01/07/2022 16h58
Divulgação/Polícia Civil de Goiás Assassino de Sogro Arma do crime foi apreendida e estava registrada no nome do preso

A Polícia Civil de Goiás prendeu um homem de 26 anos que matou seu sogro após descobrir que a vítima pretendia registrar um boletim de ocorrência contra ele. Felipe Gabriel Jardim foi preso e, em depoimento na Delegacia de Homicídios que durou cerca de duas horas, confessou os disparos contra João Leão, que pretendia registrar uma ocorrência contra o rapaz depois dele ter ameaçado Kênnia Yanka Leão, filha da vítima e então companheira do assassino. A arma utilizada no crime foi apreendida e está registrada no nome de Felipe. Depois de ter cometido o crime, o assassino se escondeu em uma zona rural e depois foi preso. No depoimento, Felipe também admitiu as motivações do crime. O inquérito está em aberto e a polícia está aguardando a finalização de laudos da perícia para dar andamento ao caso.