Hospital das Clínicas destina laboratório para analisar casos de reinfecção por Covid-19

O ambulatório vinculado à Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo acompanha sete casos suspeitos

  • Por Jovem Pan
  • 28/08/2020 11h45 - Atualizado em 28/08/2020 12h01
Governo do Estado de São PauloMundo já registrou casos de reinfecção pelo novo coronavírus

O Hospital das Clínicas de São Paulo, vinculado à Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), separou um ambulatório para atender exclusivamente casos suspeitos de reinfecção pelo novo coronavírus. Sete pacientes estão sendo acompanhados pela equipe médica. Em nota, o hospital informou que estas pessoas estão sendo submetidas à realização de exames adicionais para que a equipe médica tenha mais informações sobre cada um dos casos.  Algumas possíveis explicações para os sintomas e testes positivos em dois períodos distintos são analisadas. A segunda infecção poderia ser causada por um vírus diferente, como o da gripe, mas fragmentos inativos do novo coronavírus, remanescentes da primeira infecção, podem ter feito o teste dar positivo. A reinfecção também poderia estar relacionada à longa permanência do novo coronavírus no corpo, com período de inatividade e posterior reativação. Outra alternativa em estudo seria uma possível reinfecção pelo vírus.

A possibilidade de que pacientes que já tiveram Covid-19 possam ser contaminados novamente é uma preocupação em todo o mundo. Na última terça-feira (25), dois pacientes, um na Holanda e outro na Bélgica, foram confirmados como casos de reinfecção pelo novo coronavírus. No dia anterior, cientistas de Hong Kong publicaram relatório sobre um paciente reinfectado com uma linhagem diferente do vírus, quatro meses e meio depois de ter se recuperado da doença. Esta seria a primeira reinfecção do tipo registrada.

* Com Agência Brasil