Covid-19: Imperial College aponta contágio descontrolado no Brasil

  • Por Jovem Pan
  • 22/05/2020 17h19
Marlon Costa/Estadão ConteúdoPopulação utiliza máscara para se proteger do novo coronavírus no Brasil

O Imperial College, instituição britânica com foco em ciência, engenharia e medicina, divulgou nesta sexta-feira estimativas preocupantes em relação ao novo coronavírus no Brasil. A taxa de contágio (Rt), que indica para quantas pessoas em média cada infectado transmite a Covid-19, foi calculada em 1,3. Número acima de 1 indica que a transmissão está fora de controle

Além disso, o centro de epidemiologia da universidade, referência no acompanhamento de doenças transmissíveis, calcula que 6.980 mortes ocorram nesta semana, variando de 5.850 a 8.070. O número estimado é o maior entre os 54 países com transmissão de coronavírus ativa (ao menos cem mortes registradas desde o começo da pandemia e pelo menos dez mortes nas últimas duas semanas).

Nesta sexta-feira, o diretor do programa de emergências da Organização Mundial da Saúde (OMS), Michael Ryan, classificou a América do Sul como “um novo epicentro” da pandemia de Covid-19. Ryan destacou que o Brasil é o local mais afetado da região, e alertou para a situação no Amazonas, que registra uma das maiores taxas de incidência do País.

No boletim divulgado na quinta-feira pelo Ministério da Saúde, o Brasil registra 310.087 casos de coronavírus, sendo mais de 100 mil novas infecções em apenas uma semana. São 20.047 mortes pela Covid-19 no País.

*Com informações do Estadão Conteúdo