Laudos apontam tiros como causa de mortes no Complexo do Salgueiro e descartam facadas

A polícia informou ainda que oito armas pertencentes aos oito agentes envolvidos no caso foram enviadas à Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí, onde passarão por confronto balístico

  • Por Jovem Pan
  • 24/11/2021 18h55
MARCOS PORTO/AGÊNCIA O DIA/AGÊNCIA O DIA/ESTADÃO CONTEÚDO - 22/11/2021Autoridades afirmaram que testemunhas estão sendo ouvidas

Os laudos médicos feito nos corpos dos nove mortos no Complexo do Salgueiro apontaram tiros como causa das mortes, descartando a ocorrência de facadas. Em nota enviada à Jovem Pan pela Polícia Civil do Rio de Janeiro, a corporação esclareceu que as mortes foram provocadas por armas de fogo, “sem indícios de facadas ou outro tipo de arma com ação cortante ou perfurocortante”. A polícia informou ainda que oito armas pertencentes aos oito agentes envolvidos no caso foram enviadas à Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSG) nesta quarta-feira, 24. Lá, os equipamentos passarão por confronto balístico. As armas são oito fuzis, sendo quatro Colt calibre 556 e quatro Ar-10 calibre 762. Além disso, a Polícia afirmou que testemunhas estão sendo ouvidas e que diligências para esclarecer os fatos estão sendo realizadas.