Mandetta, após demissão de Teich: ‘Oremos’

  • Por Jovem Pan
  • 15/05/2020 12h49 - Atualizado em 15/05/2020 13h16
Wallace Martins/Estadão ConteúdoLuiz Henrique Mandetta (esquerda) durante a cerimônia de posse de Nelson Teich no Ministério da Saúde, no mês passado

Ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta se pronunciou minutos depois da demissão de seu sucessor, Nelson Teich. Por meio do Twitter, Mandetta pediu “paciência”, desejou força ao SUS (Sistema Único de Saúde) e decretou: “oremos”.

“Oremos. Força SUS. Ciência. Paciência. Fé!”, escreveu o ex-ministro, em mensagem curta e acompanhada pela hashtag #FicaEmCasa.

Apesar de não conter nenhuma referência explícita a Nelson Teich, a postagem de Mandetta pode ser entendida como uma clara reação ao pedido de demissão do agora ex-ministro da Saúde.

Teich substituiu Mandetta há menos de um mês e pediu exoneração após discordâncias com o presidente Jair Bolsonaro. A principal divergência dizia respeito ao uso da cloroquina no combate à Covid-19.

Teich fazia ressalvas à utilização da substância em estágios iniciais da doença e alertava para os efeitos colaterais e a falta de comprovação científica de eficácia. Já Bolsonaro queria a aplicação do medicamento desde o início do tratamento e chegou a dizer que, apesar do posicionamento do ministro, alteraria o protocolo do SUS.

Mandetta, que foi demitido em abril, adotava a mesma posição de Teich.