Metade dos postos de saúde de São Paulo tem falta de vacinas da AstraZeneca para 2ª dose

Secretaria Municipal da Saúde culpa alta procura e informa que aguarda a entrega de mais imunizantes pelo governo federal

  • Por Jovem Pan
  • 09/09/2021 15h11
EFE/EPA/JUNG YEON-JE / ArchivoCapital paulista enfrenta falta de doses da AstraZeneca

Metade das Unidades Básicas de Saúde (UBS) da cidade de São Paulo está sem vacinas da AstraZeneca para aplicação da segunda dose nesta quinta-feira, 9. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, 239 dos 468 postos da capital paulista enfrentam a falta de doses. A pasta informou que realiza o remanejamento das vacinas entre as unidades para evitar o desabastecimento. No entanto, a Secretaria admite que alguns imunizantes podem faltar por conta da alta adesão a vacinação na capital. A prefeitura informou que vai receber 254.556 doses da Pfizer e 128.510 da CoronaVac nesta quinta, mas que ainda aguarda a entrega de doses da AstraZeneca pelo Ministério da Saúde. Segundo a administração municipal, toda a população adulta já recebeu a primeira dose e 59,8% completaram o esquema vacinal. Entre os adolescentes de 12 a 17 anos, 65,2% já tomaram a primeira dose.