MEC faz alerta: perfis de novo ministro em redes sociais são falsos

  • Por Jovem Pan
  • 26/06/2020 09h18
Marcos Corrêa/PRAssinatura do Termo de Posse de Carlos Alberto Decotelli, novo ministro da Educação

O Ministério da Educação informou, por meio de publicação no Twitter, que o novo ministro da pasta, Carlos Alberto Decotelli da Silva, não possui nenhum perfil oficial nas redes sociais. Segundo o MEC, os perfis que já podem ser encontrados ativos são todos falsos.

“O Ministério da Educação informa que o novo ministro da pasta, Carlos Alberto Decotelli, não possui perfil na rede social Twitter. Todas as contas registradas com o nome do ministro são, portanto, falsas”, publicou o MEC.

O anúncio do novo ministro foi feito nesta quinta-feira (25) pelo presidente Jair Bolsonaro. “Decotelli é bacaharel em Ciências Econômicas pela UERJ, Mestre pela FGV, Doutor pela Universidade de Rosário, Argentina e Pós-Doutor pela Universidade de Wuppertal, na Alemanha”, disse o presidente.

Decotelli foi presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) por seis meses no ano passado. Ele foi sucedido por Rodrigo Sergio Dias e assumiu a Secretaria de Modalidades Especializadas de Educação (Semesp) em agosto de 2019.

O novo ministro assume a pasta exatamente uma semana após a saída de Abraham Weintraub. Ele será o terceiro ministro da Educação do governo Bolsonaro. Além de Weintraub, o professor Ricardo Veléz Rodriguez foi o titular por três meses, em 2019.

Também no Twitter, Weintraub desejou sorte ao colega. “Tive o prazer de trabalhar com o Decotelli. Desejo muita sorte e sucesso ao novo ministro e ao presidente”, postou.