Ministro da Educação diz que cronograma do Enem não será afetado por demissões de funcionários

Pelo menos 27 coordenadores pediram exoneração de seus cargos nesta tarde, 13 dias antes da primeira prova

  • Por Jovem Pan
  • 08/11/2021 20h11
DIDA SAMPAIO/ESTADÃO CONTEÚDO - 26/02/2021Milton Ribeiro publicou comunicado nas redes sociais

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, afirmou nesta segunda-feira, 8, que os pedidos de demissão em massa do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) não vão afetar o cronograma do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2021. Pelo menos 27 coordenadores pediram exoneração de seus cargos nesta tarde, 13 dias antes da primeira prova. Os funcionários culparam a “fragilidade técnica e administrativa da atual gestão máxima do Inep”. Milton Ribeiro, no entanto, afirmou que a data do exame não será alterada. “As provas do exame já se encontram com a empresa aplicadora e o Inep está monitorando a situação para garantir a normalidade de sua execução”, disse o ministro nas redes sociais. “Cabe esclarecer que os servidores colocaram à disposição os cargos em comissão ou funções comissionadas das quais são titulares, mas que continuam à disposição para exercer as atribuições dos cargos até o momento da publicação do ato no Diário Oficial da União”, completou.