Mourão apresenta bom estado de saúde e toma hidroxicloroquina após diagnóstico de Covid-19

Vice-presidente sentiu dores no corpo, dor de cabeça e febre de 38ºC antes de fazer exame; general da reserva segue em isolamento em Brasília

  • Por Jovem Pan
  • 28/12/2020 12h33 - Atualizado em 28/12/2020 22h42
DIDA SAMPAIO/ESTADÃO CONTEÚDOVice-presidente recebeu diagnostico positivo neste domingo

O vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) está tratando a Covid-19 com um coquetel de remédios que inclui hidroxicloroquina, annita e azitromicina, além de medicamentos para dor e febre, segundo informações divulgadas pela assessoria de imprensa na manhã desta segunda-feira, 28. O general da reserva testou positivo para o novo coronavírus neste domingo, 27, após sentir dores no corpo, dor de cabeça e febre de 38ºC. De acordo com assessoria, Mourão está em bom estado de saúde e segue em isolamento no Palácio do Jaburu, a residência oficial do vice-presidente da República. A hidroxicloroquina é defendida pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para o tratamento precoce contra a Covid-19, mesmo que o medicamento não tenha a eficácia comprovada cientificamente.

Mourão é o décimo terceiro membro do alto escalão do governo federal a ser infectado pelo novo coronavírus. Além do presidente Jair Bolsonaro, já testaram positivo para a doença André Mendonça (Justiça), Tarcísio Freitas (Infraestrutura), Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo) Eduardo Pazuello (Saúde), Fábio Faria (Comunicações), Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional), Bento Albuquerque (Minas e Energia), Milton Ribeiro (Educação), Onyx Lorenzoni (Cidadania), Marcos Pontes (Ciência, Tecnologia e Inovações), Wagner Rosário (Controladoria-Geral da União), Braga Netto (Casa Civil), Jorge Oliveira (Secretaria-Geral). Os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AC) e do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, também testaram positivo para o novo coronavírus.