Movimento Passe Livre convoca protesto contra aumento de tarifas de transporte em São Paulo

  • Por Jovem Pan
  • 07/01/2019 16h48
Fotos PúblicasTarifa de ônibus subiu de R$ 4 para R$ 4,30 nesta segunda

O Movimento Passe Livre convocou uma manifestação contra o reajuste das tarifas do transporte coletivo de São Paulo para a próxima quinta-feira (10). A passagem dos ônibus subiu de R$ 4 para R$ 4,30 nesta segunda-feira (7), na capital.

O protesto vai ser realizado a partir das 17 horas, em frente ao Teatro Municipal, no centro da cidade. Além dos ônibus, as tarifas do Metrô e da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) sobem para igual valor no próximo domingo (13).

O movimento

Com a defesa da “tarifa zero” para o transporte, o Movimento Passe Livre foi protagonista de manifestações ocorridas em 2013, que então pediam a revogação de um reajuste de passagem feito de R$ 3 para R$ 3,20.

Na época, o então prefeito Fernando Haddad (PT) e o então governador Geraldo Alckmin (PSDB) cederam. Os protestos foram marcados pela atuação dos chamados “black blocs”. Com rosto encoberto, eles destruíram patrimônios públicos.

O legado

A reunião de pessoas em torno da pauta do passe livre ajudou a dar corpo a protestos contra a corrupção em todo o país. Esses atos, durante o governo da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), foram apontados como facilitador para o impeachment de 2016.

O aumento

O aumento de 7,5% nas tarifas é maior do que a inflação e causou um racha na transição estadual. O ex-governador Márcio França (PSB) não quis anunciar o reajuste porque o sucessor, João Doria (PSDB), queria valor maior que o combinado pelas equipes.