MPRS investiga suposto desvio de doações destinadas às vítimas das enchentes em Eldorado do Sul

A operação foi iniciada após denúncias de desvios de donativos com o intuito de beneficiar possíveis eleitores dos investigados, já que dois deles seriam pré-candidatos nas eleições municipais deste ano

  • Por da Redação
  • 27/05/2024 13h52
WILTON JUNIOR/ESTADÃO CONTEÚDO CHUVAS/RS/ELDORADO DO SUL/15/05/2024 Eldorado do Sul foi severamente atingida pelas enchentes, que afetaram aproximadamente 32 mil pessoas na área urbana

O Ministério Público do Rio Grande do Sul (MPRS) anunciou a investigação de um suposto esquema de desvio de doações destinadas às vítimas das enchentes em Eldorado do Sul, na região metropolitana de Porto Alegre. Três membros da Defesa Civil da cidade são investigados pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do MPRS, que apura crimes como apropriação indébita, peculato e associação criminosa durante o estado de calamidade pública. No último sábado (25), foram cumpridos nove mandados de busca e apreensão. A operação foi iniciada após denúncias de desvios de donativos com o intuito de beneficiar possíveis eleitores dos investigados, já que dois deles seriam pré-candidatos nas eleições municipais deste ano.

A prefeitura de Eldorado do Sul disse, em nota, que decidiu afastar temporariamente os agentes, visando assegurar a transparência do processo investigativo. O Ministério Público se reuniu com a prefeitura de Eldorado do Sul e representantes do Exército brasileiro para que a distribuição das doações seja realizada de forma urgente pelos militares, a fim de evitar que os moradores fiquem desassistidos de suprimentos básicos durante as investigações. Além disso, o órgão cobrou da prefeitura um plano de trabalho para a utilização dos recursos públicos destinados à reconstrução da cidade e ao atendimento da população afetada.

cta_logo_jp
Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

Eldorado do Sul foi severamente atingida pelas enchentes, que afetaram aproximadamente 32 mil pessoas na área urbana. O Ministério Público também deflagrou uma operação no município vizinho de Barra do Ribeiro, onde três suspeitos de desvio de doações enviadas pela Defesa Civil estadual foram alvos de busca e apreensão na última quinta-feira (23).

*Reportagem produzida com auxílio de IA

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.