Mulher que agrediu publicitária em restaurante de luxo viajou para Milão, diz vítima

  • Por Jovem Pan
  • 19/01/2020 09h07 - Atualizado em 19/01/2020 11h26
Reprodução/YouTube/InstagramSegundo a vítima, o namorado de Fernanda, Rodrigo Lima, teria embarcado com ela

A modelo Fernanda Bonito, acusada de agressão pela publicitária Milka Borges da Silva, teria viajado para Milão, na Itália, nesta sexta (17). A informação foi compartilhada no perfil da própria vítima através dos stories, no Instagram, no sábado (18). Fernanda é suspeita de agredir Milka no restaurante Iulia, do Jockey Club de São Paulo, no último sábado (11).

De acordo com as publicações, Milka recebeu a informação de uma funcionária do aeroporto de Guarulhos de que a modelo teria embarcado em um voo internacional da Latam.

fernanda bonito milka borges

Ela também teria a confirmação de, pelo menos, três pessoas que teriam reconhecido Fernando Bonito no aeroporto. “Recebemos de uma pessoa que estava no mesmo voo da Fernanda que ela foi para Milão”, diz.

Segundo a vítima, o namorado de Fernanda, Rodrigo Lima — fundador do restaurante Iulia — teria embarcado com ela. Milka alegou que os dois estavam “de boné no aeroporto, à noite, tentando se esconder”.

Ela alerta para que pessoas que estão na cidade “gravem o rosto” de Fernanda. “Essa é a modelo que tentou me matar. Não permitam que ela continue agindo covardemente aí também.”

“Ela foi para Milão, cidade que poderá trabalhar como modelo. Essa moça tentou me matar e, pelos relatos que recebi, já fez isso outras vezes”, completou.

De acordo com o site FlightAware, que monitora voos em tempo real, uma aeronave B763, da Latam, saiu de Guarulhos às 23h49 de sexta-feira e pousou no aeroporto de Malpensa às 15h39 do sábado (horário local).

Procurada, a Latam ainda não confirmou se algum voo da companhia partiu de São Paulo com destino a Milão na noite de 17 de janeiro e se os passageiros Fernanda Bonito e Rodrigo Lima embarcaram.