Municípios do RJ devem avaliar reabertura, diz governo estadual

  • Por Jovem Pan
  • 07/06/2020 11h29 - Atualizado em 07/06/2020 11h31
DANIEL RESENDE/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOO governador do RJ autorizou a retomada de shoppings, restaurantes, bares, pontos turísticos e estádios em todo o estado

Após autorizar a reabertura de shoppings, restaurantes, bares, pontos turísticos e estádios na sexta-feira (5), o governo do Rio de Janeiro explicou que caberá a cada município avaliar as medidas de flexibilização da quarentena em cada setor.

Em vídeos divulgados no sábado (6), o secretário de Governo, Comunicação e Relações Institucionais, Cleiton Rodrigues, e o governador Wilson Witzel defenderam as medidas para reabertura. Segundo o secretário, o decreto serve como orientação.

“É um decreto que não deve ser encarado como imposição aos prefeitos, e sim como orientação. Cada prefeito, de acordo com a sua realidade local, deve, de forma gradual, reabrir a economia. O importante para isso é que as pessoas tenham em mente o isolamento social e o uso contínuo da máscara”.

Por sua vez, Witzel disse que o isolamento social adotado no Rio de Janeiro salvou mais de 40 mil vidas, e afirmou que a flexibilização dele será avaliada 24 horas por dia. “Agora é o momento de analisar o que já aprendemos para flexibilizar essas medidas de restrição à circulação”, disse o governador.

Depois do decreto do governo do estado, a prefeitura do Rio de Janeiro anunciou que discutirá sua própria flexibilização em uma reunião marcada para este domingo (7). O prefeito Marcelo Crivella ressaltou que os estabelecimentos listados pelo estado ainda não estão autorizados a abrir na capital.

Em meio à reabertura, o Rio de Janeiro ultrapassou a marca de 64 mil casos confirmados da Covid-19, somando 6.639 mortes pela doença e 64.533 registros de pacientes infectados.

*Com informações da Agência Brasil