‘Não abrirei mão de eleições limpas e confiáveis’, diz Bolsonaro em Presidente Prudente

Durante discurso aos seus apoiadores após motociata, presidente afirmou que a alma da democracia é ‘o voto de cada um’

  • Por Jovem Pan
  • 31/07/2021 14h46
WALLACE MARTINS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOPresidente ressaltou, ainda, que o legado do seu governo é o fim da corrupção

Em discurso aos seus apoiadores após motociata em Presidente Prudente, município de São Paulo, o presidente Jair Bolsonaro afirmou neste sábado, 31, que a democracia só existe com eleições limpas e que não aceitará uma “farsa”. “Não abrimos mão de eleições democráticas, limpas e confiáveis no ano que vem. Tudo se aperfeiçoa, tudo tem que ser organizado, apenas esse sistema continua praticamente idêntico daquele existente no seu nascedouro nos anos 90”, disse, referindo-se à urna eletrônica. Bolsonaro afirmou, ainda, que o que mais tem feito é “jogar dentro das linhas da Constituição” e que a alma da democracia é “o voto de cada um”. “Vocês têm que ter a certeza de que, em aqueles que vocês votaram, o voto foi exatamente para aquela pessoa”, completou.

Em uma live nesta quinta-feira, 29, Bolsonaro defendeu o o voto auditável e criticou o ministro Luís Roberto Barroso, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Hoje, sem citar nomes, ele voltou a questionar por que, “usando o poder da força”, alguns querem “impor que não tenhamos uma contagem pública de votos e uma votação auditável”. O presidente ressaltou, ainda, que o legado do seu governo é o fim da corrupção e que sua gestão está há dois anos e meio sem qualquer denúncia de irregularidades. O discurso foi transmitido ao vivo pelas redes sociais. Esta é a sexta motociata promovida pelo mandatário.