Ossos encontrados nesta terça podem ser de mais de uma pessoa, diz Mágino Alves

  • Por Jovem Pan
  • 08/05/2018 16h01
Reprodução/TwitterEm entrevista, secretário estadual da segurança pública de São Paulo relatou que ossada pode pertencer a mais de uma pessoa

Os ossos encontrados pelos bombeiros nos escombros de prédio que desabou no centro de São Paulo podem pertencer a mais de uma pessoa. Localizados pelas equipes de resgate no começo da manhã desta terça-feira (8), os restos mortais estão bastante fragmentados.

Inicialmente, os bombeiros haviam revelado que os ossos pertenciam a uma criança.

Em entrevista, o secretário estadual da segurança pública de São Paulo, Mágino Alves Barbosa Filho, afirmou que eles foram encontrados na mesma área, mas estavam um pouco espalhados, o que sugere que poderiam pertencer a mais de uma pessoa.

Já Paulo Tieppo, médico-legista que acompanha as buscas, disse que a identificação pode demorar e que o reconhecimento só poderá ser feito a partir da comparação de tecidos de parentes com os restos mortais das vítimas.

 

Sete pessoas permanecem na lista oficial de desaparecidos do Corpo de Bombeiros, sendo três homens, duas mulheres e dois meninos. A única pessoa oficialmente encontrada é Ricardo Oliveira Galvão, cujo corpo foi sepultado na última sexta-feira (11).

Com informações do repórter Tiago Muniz