Paulo Guedes bate boca com senadores durante sabatina

  • Por Jovem Pan
  • 27/03/2019 17h38
Jefferson Rudy/Agência SenadoO ministro Paulo Guedes (direita) bateu boca com o senador Omar Aziz (centro)

O ministro da Economia, Paulo Guedes, bateu boca com senadores durante sabatina na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado nesta quarta-feira (27).

O entrevero começou quando o ministro estava falando sobre o sistema de seguridade social e afirmou que políticos podem se aposentar ganhando 20 vezes mais que um trabalhador. Guedes, então foi interrompido pela senadora Kátia Abreu (PDT) e se irritou. “Por favor, eu posso falar?”, perguntou. “A senhora terá o seu horário”, disse o ministro. “O senhor não é o presidente da comissão”, rebateu a senadora.

“Nós temos que ter alguma disciplina”, continuou Paulo Guedes. “Vamos todos falar ao mesmo tempo?”, questionou, em tom mais elevado. O presidente da comissão, o senador Omar Aziz (PSD), também entrou na discussão e defendeu a colega. “O senhor é convidado aqui, nós vamos lhe tratar com respeito, mas o senhor não vai desrespeitar senador nenhum aqui”, disse.

“Com todo o respeito, o senhor está sendo convidado, o senhor adiou três vezes sua vinda aqui”, lembrou Aziz. “Entre nós, podemos ter nossas divergências, mas em relação aos senadores que estão aqui, eles são os verdadeiros representantes da população brasileira. O governo atacando a velha política ou a nova política, nós somos representantes do povo”, continuou.

Durante a sabatina, o ministro Paulo Guedes já afirmou que deixará o governo caso a reforma da Previdência não saia, que espera R$ 1 trilhão de economia com a reforma e que o Brasil vai “explodir financeiramente” sem a mudança.