PF deflagra Operação contra tráfico internacional de drogas na fronteira

São cumpridos 20 mandados judiciais — sendo 8 de prisão preventiva e 12 de busca e apreensão

  • Por Jovem Pan
  • 15/10/2020 08h32
Polícia FederalA casa de um dos líderes dessa articulação estaria avaliada em R$ 1,5 milhão

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quinta-feira (15), a Operação Boa Vista. Cerca de 60 policiais foram para às ruas com o objetivo de desarticular uma organização criminosa com sede na cidade de Guaíra, no Paraná, na fronteira com o Paraguai. A Operação contou com apoio do Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFRON) da Polícia Militar do Paraná e um helicóptero do Grupamento de Operações Aéreas (GOA) da Polícia Civil local.

São cumpridos 20 mandados judiciais — sendo 8 de prisão preventiva e 12 de busca e apreensão. Apenas um dos mandados de prisão é cumprido na cidade de Bauru (SP). As ordens judiciais foram expedidas pela Justiça Federal em Guaíra. A previsão é de apreensão de veículos e embarcações, além do bloqueio de contas bancárias e outros ativos financeiros — assim como bens até R$ 10 milhões e o sequestro de imóveis. A casa de um dos líderes dessa articulação estaria avaliada em R$ 1,5 milhão.

As investigações foram iniciadas em junho de 2020, depois da descoberta de um imóvel próximo ao Lago de Itaipu que estaria sendo usado para a retirada e estocagem de ilícitos vindos do país vizinho. As atividades criminosas eram divididas: enquanto uma parte se dedicava ao contrabando de eletrônicos, agrotóxicos e equipamentos médicos, a outra parte de dedicava ao tráfico de drogas e armas. De acordo com a apuração, durante os últimos quatro meses a organização perdeu o equivalente a R$ 4,2 milhões em produtos ilícitos que foram apreendidos pelas autoridades.