Polícia encerra festa clandestina com 142 pessoas em São Paulo

Segundo governo, foram flagrados 258 pontos de aglomeração em todo o Estado e 103 pessoas foram detidas nesta madrugada

  • Por Jovem Pan
  • 17/04/2021 15h35
Divulgação/Governo do Estado de São Paulo

Uma festa clandestina que reunia 142 pessoas em uma chácara foi interrompida pela polícia na madrugada deste sábado, 17. O evento estava acontecendo na região de Parelheiros, na zona sul da cidade de São Paulo e não seguia a recomendação de distanciamento social do Centro de Contingência do Coronavírus, com a maioria das pessoas não fazendo o uso de máscaras. De acordo com a polícia, foram identificados cinco organizadores do evento que foram autuados pela equipe de fiscalização. Além disso, equipamentos de som e máquinas de cartão foram apreendidos. O caso foi encaminhado ao Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania (DPPC), onde foi registrado um Termo Circunstanciado de infração.

Segundo o Governo do Estado de São Paulo, a Polícia Militar realizou 28 ações de apoio à Vigilância Sanitária e 1.690 dispersões em 258 pontos de aglomeração registrados em todo o Estado. Ao todo, mais de 48 mil veículos foram vistoriados pelas autoridades, que efetuaram 103 prisões, sendo que 71 dos detidos eram procurados pela Justiça. Na capital, 22 estabelecimentos foram inspecionados, com dois sendo autuados por promover aglomeração e permitir a permanência no local sem máscaras. Desde o início das restrições, em 26 de fevereiro, foram realizadas 4.814 operações no Estado, com 5.536 pessoas sendo presas. Até o dia 11 de abril, foram realizadas também 7.765 fiscalizações de estabelecimentos, com 473 autuações.