Por pandemia, IBGE adia divulgação da Pnad Contínua do segundo trimestre

Levantamento oficial da força de trabalho no país estava previstos para ser apresentado nesta quarta-feira; último levantamento apontou taxa de desemprego em 12,9%

  • Por Jovem Pan
  • 28/07/2020 10h28
Itaci Batista/Estadão ConteúdoPnad contínua será divulgada em 6 de agosto

O Instituto Brasileiro de Geografia e Pesquisa (IBGE) adiou para o dia 6 de agosto a divulgação da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), referente à força de trabalho no trimestre entre abril e junho. O levantamento estava previso para ser apresentado na manhã desta quarta-feira, 29. Em nota, o IBGE informou que a pandemia da Covid-19 trouxe um desafio para a captação dos dados, que desde o dia 17 de março é feita por telefone.

“O desenho da amostra da pesquisa introduz a cada mês um número de domicílios que nunca foram visitados anteriormente, portanto, os números de telefones destes domicílios não foram levantados pelo IBGE. Como as visitas domiciliares foram suspensas desde março, tem sido um desafio realizar a coleta por telefone em todos os domicílios seguindo o cronograma original”, disse o comunicado. O IBGE ainda afirmou que o cronograma de divulgação para o resto do ano pode ser revisto caso as dificuldades permaneçam.

A última pesquisa da Pnad Contínua divulgada em 30 de junho apontou o desemprego em 12,9% no trimestre encerrado em maio, com 12,7 milhões de brasileiros desocupados. O IBGE também divulga semanalmente o relatório sobre os impactos da Covid-19 no mercado de trabalho. Na sexta-feira passada, 24, o estudo revelou que, entre os dias 28 de junho e 4 de julho, eram 11,5 milhões de pessoas desocupadas, ante 12,4 milhões na semana anterior.