Prefeita eleita em cidade do RS morre por complicações da Covid-19

Izalda Boccacio, de 73 anos, venceu as eleições na cidade de Santo Antônio das Missões e estava internada na UTI de um hospital em São Borja, no Rio Grande do Sul

  • Por Jovem Pan
  • 04/12/2020 13h50 - Atualizado em 04/12/2020 14h10
Prefeitura de Santo Antônio das Missões/Facebook/13.11.2019Izalda era vice-prefeita da cidade e foi eleita no mês de novembro

A prefeita eleita de Santo Antônio das Missões, no Rio Grande do Sul, Izalda Boccacio (PP), de 73 anos, morreu na madrugada desta sexta-feira, 4, por complicações da Covid-19. Izalda atuou como vice-prefeita do município com pouco mais de 10 mil habitantes no interior do Rio Grande do Sul por oito anos, foi eleita com 3,4 mil votos e seria a primeira mulher a comandar a cidade. Ela era professora, atuava na área de educação desde 1972 e foi diagnosticada com a doença após o término da campanha, sendo internada na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do município de São Borja, a pouco mais de 80 quilômetros da cidade.

No boletim mais recente, divulgado em 1º de dezembro, a cidade de Santo Antônio das Missões tinha registrado 113 casos de Covid-19 e seis mortes. O primeiro caso local foi notificado pela prefeitura no dia 23 de junho. Por causa da morte de Izalda, o município decretou luto oficial de três dias, com a realização apenas de serviços essenciais. “Guardaremos com carinho todos os momentos que compartilhamos juntos nesses 08 anos que dedicou-se ao trabalho frente à Prefeitura de Santo Antônio das Missões”, afirmou nota divulgada pela prefeitura nas redes sociais.