Prefeitura de SP anuncia fechamento do hospital de campanha do Anhembi

Complexo deve encerrar totalmente as atividades no próximo dia 10 de setembro

  • Por Jovem Pan
  • 04/09/2020 15h20
ALOISIO MAURICIO/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDOHospital de Campanha do Anhembi será fechado pela prefeitura de São Paulo

Em coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes, o prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), anunciou que a prefeitura decidiu fechar o hospital de campanha do Anhembi. A maior parte dos leitos já havia sido desativada no dia 1º de agosto. A decisão veio após o registro de queda dos números da Covid-19 na capital paulista. Outros dois hospitais de campanha também foram fechados no estado. No final de junho, a Prefeitura tinha fechado o hospital de campanha do Pacaembu e, na semana passada, o governo do Estado anunciou a desativação do hospital de campanha de Heliópolis.

De acordo com Covas, o hospital deixou de receber pacientes nesta quinta-feira, 4, e deve ter as atividades completamente encerradas até o dia 10 de setembro. O hospital, que foi aberto em 11 de abril, tinha espaço para 1.800 leitos, mas apenas 870 chegaram a ser credenciados. De acordo com o prefeito, 6.350 pessoas foram atendidas nessa unidade de campanha. O pico de internações no Anhembi foi em 15 de maio, quando o hospital atendeu 601 pacientes. O investimento da Prefeitura foi de R$ 7,5 milhões, com custa mensal de R$ 28 milhões. O hospital do Complexo do Ibirapuera segue aberto até o fim de setembro.

*Com Estadão Conteúdo