Primeiras cestas básicas arrecadas pela Jovem Pan e Instituto Brasil 200 são entregues

Meta de R$ 100 mil foi atingida já no primeiro dia de arrecadação; com isso, agora as empresas esperam alcançar R$ 1 milhão para que sejam distribuídas 20 mil cestas

  • Por Jovem Pan
  • 09/04/2021 10h41 - Atualizado em 09/04/2021 20h03
beneficiados deste primeiro dia são 50 moradores de Caieiras e 350 moradores da favela de Paraisópolis

As primeiras cestas básicas arrecadadas pela Campanha Contra a Fome, da Jovem Pan e do Instituto Brasil 200, começaram a ser entregues nesta sexta-feira, 9 de abril. Os beneficiados deste primeiro dia são 50 moradores de Caieiras e 550 moradores da favela de Paraisópolis. De acordo com o presidente do Brasil 200, Gabriel Kanner, a meta de R$ 100 mil foi atingida já no primeiro dia de campanha. Com isso, agora as empresas esperam alcançar R$ 1 milhão para que sejam distribuídas 20 mil cestas no total. “É um dia muito gratificante, que começamos a fazer a entrega das cestas da campanha que lançamos na última segunda-feira”, afirmou Kanner. Ele agradeceu as doações e pediu mais apoio, independente dos valores. “Será muito bem vindo”, completou. No sábado, mais 400 cestas de alimento serão entregues: 50 em Paraisópolis, 150 no Instituto Ação Geral e 200 para a ONG Pequeno Mestre.

As doações em dinheiro podem ser feitas por meio do site www.brasil200.com.br/doe/ por PayPal, PagSeguro ou PIX. Quem preferir doar alimentos pode entrar em contato por meio das redes sociais, como o Instagram, ou pelo WhatsApp. Vale lembrar que, apesar das doações serem destinadas a comunidades de São Paulo, a campanha não se restringe ao Estado de São Paulo, ou seja, pessoas de todas as regiões do país podem ajudar. Apenas em Paraisópolis, na zona sul de São Paulo, pelo menos 10 mil famílias precisam de doações de cestas básicas para sobreviver. No ano passado, a comunidade conseguiu distribuir dez mil marmitas por dia para as pessoas mais necessitadas. Mas, nos últimos meses, as doações diminuíram, e consequentemente as refeições doadas também, que chegaram a apenas 500 por dia.