Que horas são? Mesmo sem horário de verão, relógios adiantam automaticamente

Participantes do Enem devem ficar atentos se os seus celulares não fizeram esta mudança

  • Por Jovem Pan
  • 03/11/2019 09h48 - Atualizado em 04/11/2019 08h55
José Cruz/Agência BrasilO horário de verão foi revogado pelo governo do presidente Jair Bolsonaro

Mesmo sem o horário de verão, alguns relógios adiantaram automaticamente 1h na madrugada deste sábado (2) para domingo (3). Como hoje ocorre a primeira etapa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), os estudantes devem ficar atentos se os seus eletrônicos não fizeram esta mudança. Os portões serão abertos ao meio-dia e fechados pontualmente às 13 horas, horário de Brasília.

Um problema similar já havia acontecido no dia 20 de outubro, quando é a data padrão da mudança para o horário de verão. No entanto, devido a mudanças que aconteceram no calendário no ano passado, o fato voltou a se repetir neste final de semana.

Confira a hora correta:

O horário de verão foi revogado pelo governo do presidente Jair Bolsonaro, após estudos mostrarem não haver mais razão para a mudança, em função das alterações no consumo de energia que ocorreram nos últimos anos. Mesmo assim, alguns aparelhos teriam que ser desabilitados manualmente. Na Avenida Paulista, por exemplo, vários relógios na rua marcavam o horário com 1h a mais.

A mudança causou confusão. No Twitter, o assunto foi parar nos trend topics.

Em comunicado em blog, o Google explicou que “todas essas modificações impactam diretamente no Banco de Dados Global da IANA (em português, Autoridade para Atribuição de Números de Internet), que é utilizado por smartphones e dispositivos eletrônicos para garantir que você esteja sempre na hora certa, onde quer que esteja. Na prática, isso significa que alguns celulares possivelmente não tenham a informação necessária para evitar que o relógio dos aparelhos seja alterado automaticamente como se o horário de verão ainda estivesse valendo”.