Bolsonaro critica invasão à embaixada da Venezuela no Brasil e fala em ‘resguardar a ordem’

  • Por Jovem Pan
  • 13/11/2019 14h15
ESTADÃO CONTEÚDOO presidente da República, Jair Bolsonaro

O presidente da República, Jair Bolsonaro, usou suas contas no Twitter e Facebook para criticar a invasão à embaixada venezuelana em Brasília por apoiadores do presidente autodeclarado da Venezuela, Juan Guaidó, nesta terça-feira (12).

Bolsonaro escreveu que o governo brasileiro repudia a interferência de atores externos, sem deixar claro quem seriam esses atores.

“Estamos tomando as medidas necessárias para resguardar a ordem pública e evitar atos de violência, em conformidade com a Convenção de Viena sobre Relações Diplomáticas”, completou o presidente.

Apoiadores de Juan Guaidó, autoproclamado presidente da Venezuela – e reconhecido pelo cargo pelo Brasil -, entraram na embaixada do país em Brasília, na madrugada desta quarta-feira (13). Eles tomaram o controle do local horas antes do início das atividades da 11ª Cúpula do Brics, que reúne os líderes de Rússia, Índia, China e África do Sul, países que apoiam a permanência de Nicolás Maduro no poder.

*Com informações do Estadão Conteúdo