RJ monitora caso de Covid-19 em morador que voltou da Índia

Campista estava a trabalho no país asiático e chegou no Brasil pelo Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo; uma investigação genômica será realizada para determinar a variante

  • Por Jovem Pan
  • 24/05/2021 11h13 - Atualizado em 24/05/2021 11h21
Reprodução/Campos dos GoytacazesA Secretaria Municipal de Saúde ainda não identificou qual variante infectou o campista

A Secretaria Municipal de Campos dos Goytacazes, cidade localizada no Norte Fluminense, informou no domingo, 23, que está monitorando um morador do município que testou positivo para Covid-19 após voltar de uma viagem à Índia. O campista estava a trabalho no país asiático e chegou no Brasil no último sábado, 22, quando realizou um exame RT-PCR no Laboratório CR Diagnósticos, localizado Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo. Em seguida, a Subsecretaria de Atenção Básica, Vigilância, Promoção da Saúde foi notificada e passou a monitorar o paciente, que está isolado em Campos. A Secretaria afirma que todos os protocolos sanitários recomendados pelo Ministério da Saúde foram seguidos durante o deslocamento do morador de São Paulo a Campos.

Além da pasta, as companhias aéreas Qatar e Latam foram notificadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que receberá a lista de passageiros dos voos. “O trabalhador está em contenção e isolamento preventivo. A pedido do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde, do governo do Estado (CIEVS/RJ), vamos auxiliar na investigação genômica, com as informações do percurso que o paciente fez e os contatos que manteve. Ainda não há identificação do tipo de variante que o paciente está contaminado”, afirmou o subsecretário municipal de Saúde, Charbell Kury. Até o momento, o Brasil registrou seis casos da variante indiana do coronavírus após uma embarcação vinda da Ásia chegar em São Luís, no Maranhão. A cepa é considerada mais contagiosa e mais resistente a algumas vacinas e tratamentos contra a Covid-19.