Bolsonaro escolhe Rolando Alexandre de Souza para comando da Polícia Federal

  • Por Jovem Pan
  • 04/05/2020 09h55 - Atualizado em 05/05/2020 07h36
Reprodução/Diário da Grande RecifeRolando Alexandre de Souza é o novo diretor-geral da PF

Conforme prometido, o presidente Jair Bolsonaro escolheu, nesta segunda-feira, o novo diretor-geral da Polícia Federal. O delegado Rolando Alexandre de Souza foi anunciado para o cargo, ele atuava como secretário de Planejamento da Abin (Agência Brasileira de Inteligência).

O decreto publicado o Diário Oficial da União foi assinado por Bolsonaro e pelo novo ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça.

Originalmente, o presidente havia nomeado Alexandre Ramagem para o posto – deixado vago por Maurício Valeixo, em crise que culminou com a demissão do então ministro Sergio Moro. No entanto, o ministro Alexandre de Moraes barrou a indicação, já que Ramagem é muito próximo dos filhos de Bolsonaro.

Rolando foi superintendente da PF em Alagoas, entre 2018 e 2019, quando então, a convite de Ramagem, passou a integrar a Abin. Dentro da Polícia Federal, ele atuou no Serviço de Repressão a Desvio de Recursos Públicos e também esteve na Divisão de Combate a Crimes Financeiros e na superintendência no estado de Rondônia.