Rui Costa classifica enchentes como ‘maior desastre já ocorrido na Bahia’

O governador do Estado afirmou que não há registro de outra tragédia que tenha atingido tantos municípios ao mesmo tempo; 72 cidades foram afetadas, deixando 16 mil pessoas desabrigadas e 18 mortos

  • Por Jovem Pan
  • 27/12/2021 11h24
EDUARDO MATYSIAK/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO governador da Bahia, Rui costa, em foto de busto, olhando para a frente. Homem branco de camisa social azul e terno cinza Governador da Bahia, Rui Costa (PT)

Nesta segunda-feira, 27, o governador da Bahia, Rui Costa (PT), afirmou que as enchentes, causadas por fortes chuvas, que atingem o estado neste mês de dezembro são a maior tragédia natural da história baiana. “É o maior desastre já ocorrido na história da Bahia. Os bombeiros não têm registro de tragédia com esta dimensão. Já tivemos tragédias severas, mas que atingiram um, dois, três municípios, desta vez nós estamos falando de 72 municípios atingidos, com milhares de casas perdidas definitivamente que precisarão ser reconstruídas”, declarou. Chuvas já afetam mais de 430 mil pessoas, deixam 16 mil desabrigados e 18 mortos.

O governador agradeceu aos Estados que enviaram ajuda, em equipes e reforços para ajudar a população atingida pelas cheias e destacou que o momento é de oferecer suporte às famílias. “Está faltando muita coisa, inclusive roupas, porque muitas pessoas tiveram que sair de casa sem poder, sequer, carregar sua roupa, apenas com a roupa do corpo. Hoje, nós estamos aumentando o número de bases, seja para distribuir alimentos que nós compramos pelo governo do Estado, mas também para entregar as doações que nós estamos recebendo para estas famílias, de utensílios domésticos, roupas. Com a água baixando ao longo do dia e da semana, nós vamos iniciar o trabalho de reconstrução [de casas]. Com certeza, essas famílias precisarão de muita ajuda, porque tem inclusive utensílios pessoais, que não são comprados pelo poder público, mas podem ser doados e são muito bem vindos”, disse Costa.