Saúde deve ser prioridade para próximo prefeito de SP, aponta pesquisa

  • Por Jovem Pan
  • 21/09/2016 13h54
São Paulo - Vacinação dos profissionais de saúde contra H1N1 no Hospital das Clínicas (Rovena Rosa/Agência Brasil)Já começou a campanha de vacinação contra a gripe H1N1 em São Paulo com funcionários da Saúde sendo imunizados primeiro

O Instituto Paraná Pesquisas em parceria com a Jovem Pan questionou em pesquisa sobre qual deveria ser a prioridade do próximo prefeito de São Paulo.

Mais da metade dos entrevistados (57,1%) apontou a área da Saúde como principal prioridade. Educação/escolas representou 12,6% da preocupação dos eleitores. Segurança pública/violência aparece em terceiro com 11,6%. Transporte coletivo e combate ao desemprego permanecem em empate técnico com 3,8% e 3,7%, respectivamente.

Dados da pesquisa

O universo desta pesquisa abrange os eleitores do município de São Paulo maiores de 16 anos. Para a realização desta pesquisa foi utilizada uma amostra de 1.200 eleitores, sendo esta estratificada segundo sexo, faixa etária, grau de escolaridade, nível econômico e posição geográfica.

O trabalho de levantamento dos dados foi feito através de entrevistas pessoais durante os dias 16 a 20 de setembro de 2016, sendo acompanhadas 20,0% das entrevistas.

A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o nº SP- 09893/2016. Tal amostra representativa do município de São Paulo atinge um grau de confiança de 95,0% para uma margem estimada de erro de aproximadamente 3,0% para os resultados gerais.