Saúde prevê entrega de 10,2 milhões de vacinas aos Estados nos próximos três dias

Promessa foi feita por meio das redes sociais nesta segunda-feira, 26; maior parte dos imunizantes é da AstraZeneca

  • Por Jovem Pan
  • 26/07/2021 20h30
EVANDRO LEAL/ENQUADRAR/ESTADÃO CONTEÚDOSaúde prevê envio de 10,2 milhões de doses nos próximos três dias

Em publicação nas redes sociais na manhã desta segunda-feira, 26, o Ministério da Saúde afirmou que vai distribuir nos próximos três dias mais de 10 milhões de doses de vacina contra a Covid-19 para acelerar a imunização no país. De acordo com a pasta, o montante total de distribuição previsto a partir desta segunda é de 10,2 milhões: 3,812 milhões da AstraZeneca por meio de produção da Fiocruz; 1,036 milhão da AstraZeneca por meio do consórcio Covax Facility; 3,335 milhões da CoronaVac entregues pelo Instituto Butantan e 2,104 milhões da Pfizer. A distribuição deve ser feita para todos os Estados e o Distrito Federal proporcionalmente à quantidade de moradores das unidades federativas.

O anúncio de distribuição de novas vacinas ocorre no momento em que oito capitais brasileiras suspenderam a aplicação de primeiras doses por falta de imunizantes. Na tarde desta segunda-feira, o governador de São Paulo, João Doria, criticou a demora na entrega de vacinas afirmando que “Ministério da Saúde tem 16 milhões de vacinas paradas em estoque e centenas de brasileiros morrendo diariamente por falta de vacinas”. Segundo dados do próprio Ministério da Saúde, 164,4 milhões de vacinas foram distribuídas até o momento, com 60% da população maior de 18 anos com pelo menos a primeira dose.