Segunda dose de vacina da Janssen aumenta para 94% proteção contra Covid-19

Segundo a farmacêutica, resultados foram obtidos em voluntários nos Estados Unidos; dados foram enviados à FDA, agência reguladora norte-americana

  • Por Jovem Pan
  • 21/09/2021 15h26 - Atualizado em 21/09/2021 17h44
KEVIN DAVID/A7 PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOVacina da Janssen é aplicada no Brasil

A Janssen, braço farmacêutico da Johnson & Johnson, afirmou que a aplicação de uma dose adicional da vacina contra a Covid-19 aumentou a proteção para 94%. O resultado foi obtido em um teste clínico sobre a aplicação da segunda dose dois meses após a primeira. Em nota, a Janssen disse que os dados foram alcançados em testes com voluntários de 10 países, incluindo os Estados Unidos, único país onde foi encontrado um índice de 94% — a empresa não explicou o motivo da diferença da taxa de eficácia. Ainda de acordo com a Janssen, a proteção aumentou 12 vezes quando o imunizante foi aplicado seis meses após a primeira dose. A farmacêutica também afirmou que o vacina garantiu 100% de proteção contra variações mais severas nas primeiras duas semanas após a aplicação. Segundo a empresa, os novos dados foram enviados à Food And Drug Administration (FDA), agência responsável por regular os imunizantes nos Estados Unidos.