Site do STF fica fora do ar nesta sexta-feira depois de possível ataque hacker

Supremo afirma que dados sigilosos não foram acessados; equipe técnica faz análise para garantir a segurança das informações

  • Por Jovem Pan
  • 07/05/2021 13h28 - Atualizado em 07/05/2021 13h28
Fellipe Sampaio/SCO/STF

O site do Supremo Tribunal Federal (STF) foi tirado do ar nesta sexta-feira, 7, para a investigação de um possível ataque hacker. Em nota, a Corte afirmou que identificou um acesso “fora do padrão” nesta quinta-feira, 6, e que, para garantir a segurança das informações, o portal foi retirado do ar para análise técnica. “O acesso fora do padrão foi contido enquanto ainda estava em andamento e, segundo informações preliminares, somente dados públicos ou de características técnicas do ambiente foram acessados, sem comprometimento de informações sigilosas.” A retomada gradual dos serviços deve ocorrer ainda nesta sexta-feira. O STF também afirmou que os sistemas usados para os trabalhos da Corte, como peticionamento eletrônico, seguem funcionando normalmente.

Segundo a nota, o site do Supremo registrou o aumento de acessos por meios de inteligência artificial, também chamados de robôs, de empresas, entidades e profissionais que buscam dados públicos para uso lícito. “Nos casos em que os sistemas do Tribunal não identificam de imediato se a alta quantidade de acessos é oriunda de um ‘robô do bem’ ou de um hacker com intenções ilícitas, medidas são adotadas para reforço da segurança de suas portas de entradas. No episódio desta quinta, segundo as informações já depuradas, o acesso não teve intuito de ‘sequestro’ de ambiente, mas apenas de obtenção de dados”, informou a Corte.