Sobe para 15 o número de mortos por temporal em Santa Catarina

Forças tarefas do Corpo de Bombeiros continuam realizando as buscas por seis vítimas que permanecem desaparecidas; Bolsonaro sobrevoou o estado

  • Por Jovem Pan
  • 20/12/2020 07h42
RICARDO SILVA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDOA Defesa Civil emitiu aviso de tempestades válido até a madrugada de domingo, 20

A Defesa Civil de Santa Catarina informou que o número de mortos pelas enxurradas registradas na última de quinta-feira, 17, no Alto Vale passou para 15. Foram registrados 12 óbitos em Presidente Getúlio, dois em Rio do Sul e um em Ibirama. As forças tarefas do Corpo de Bombeiros continuam realizando as buscas por seis vítimas que permanecem desaparecidas. Até o momento 184 pessoas estão desabrigadas e 284 desalojadas. Neste sábado, 19, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) se encontrou com o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés (PSL), e sobrevoou áreas do estado. Bolsonaro chegou por volta do meio-dia e foi recebido pelo governador no aeroporto de Navegantes. Os dois subiram em um helicóptero e sobrevoaram a região do Alto do Vale. A comitiva que acompanhou o presidente é integrada por equipes de apoio e parlamentares.

O governo do estado segue atuando no Alto Vale com equipes da Defesa Civil de Santa Catarina (DCSC), Corpo de Bombeiros (CBMSC), Polícia Militar (PMSC) e Instituto Geral de Perícias (IGP). A operação está sendo realizada de forma integrada com as instituições do Grupo de Ações Coordenadas (GRAC) que está instalado na cidade de Rio do Sul. Dentre elas: Celesc, Cidasc, Secretaria de Saúde, Polícia Civil, dentre outras. A Defesa Civil emitiu aviso de tempestades válido até a madrugada de domingo, 20.