SP monta esquema especial de segurança para atos de domingo

  • Por Jovem Pan
  • 06/06/2020 14h28 - Atualizado em 06/06/2020 14h29
ROBERTO SUNGI/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOPolícia Militar acompanhou atos do último domingo, em que foram registrados confrontos

As forças de segurança do estado de São Paulo preparam um esquema reforçado de policiamento para as manifestações deste domingo (7). Segundo informações do governo, serão escalados mais de quatro mil policiais.

Policiais de batalhões territoriais e especializados, como o BAEP, Trânsito e Choque, atuarão nas regiões dos atos. Além deles, serão utilizados três helicópteros, seis drones, 150 viaturas, quatro veículos guardiões e um veículo lançador de água. Outras unidades da PM permanecerão de prontidão e, se necessário, serão deslocadas para prestar apoio às equipes.

Todas as ações serão monitoradas por meio de câmeras do sistema Olho de Águia, com câmeras fixas, móveis, motolink e bodycams. A Polícia Civil também reforçou sua atuação e terá um sistema especial de plantão para dar celeridade ao registro de ocorrências, caso seja necessário no 4º, 5º, 14º e 78º DPs.

Após a decisão do juiz Rodrigo Galvão Medina, que concedeu liminar proibindo a realização de atos de grupos antagônicos na Avenida Paulista, os organizadores, em diálogo com o Ministério Público Estadual, comunicaram a mudança de local para que os eventos ocorram separadamente. Com isso, os grupos contrários ao governo Bolsonaro se reunirão na região do Largo da Batata, e os favoráveis na Avenida Paulista.

Orientações aos participantes

Aos que foram para a manifestação, a Secretaria de Segurança Pública alerta que não será permitido portar:

• Bandeiras e faixas com mastro ou hastes;
• Guarda-chuvas;
• Bastão para tirar fotos;
• Materiais, objetos cortantes ou pontiagudos;
• Bebidas alcoólicas;
• Arma de fogo ou branca de qualquer espécie;
• Fogos de artifício;
• Taco de basebol, golfe e similares;
• Outros objetos que possam causar riscos, dano ou importunação as pessoas;
• Revistas pessoais serão realizadas