Tribunal de Contas pede que ministra da Saúde pague R$ 11 milhões aos cofres públicos

Ressarcimento se refere a aplicação dos recursos repassados durante seu mandato como presidente da Fiocruz

  • Por da Redação
  • 19/12/2023 09h10
Reprodução/Canal Gov nisia-trindade-ministerio-da-saude-reproducao-canal-gov Documento alega que a titular da pasta não conseguiu comprovar a regularidade da aplicação dos recursos repassados pela União em um contrato com a Fiocruz

A ministra Nísia Trindade, chefe do Ministério da Saúde, foi alvo de um parecer emitido pela área técnica do TCU (Tribunal de Contas da União), que indica a ressarcimento de mais de R$ 11 milhões aos cofres públicos. O documento alega que a titular da pasta não conseguiu comprovar a regularidade da aplicação dos recursos repassados pela União em um contrato com a Fiocruz ( Fundação Oswaldo Cruz) durante seu mandato como presidente da instituição. Segundo o parecer, erros foram identificados na metodologia utilizada em uma pesquisa realizada pela fundação sobre o consumo de drogas pela população. Diante disso, a quantia em questão deverá ser devolvida ao Fundo Nacional Antidrogas. A data do julgamento ainda não foi definida.

 

 

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.