Uso de máscaras em lugares abertos deixa de ser obrigatório no Rio; confira regras

Decreto estadual diz que cidades que atendam a dois critérios: apresentar risco baixo ou muito baixo para o contágio e já ter vacinado 75% do público-alvo ou 65% de toda a população

  • Por Jovem Pan
  • 28/10/2021 15h03
EFE/Antonio LacerdaRio de Janeiro foi um dos estados analisados pela Fiocruz

O uso de máscaras de proteção contra a Covid-19 em espaços abertos deixou de ser obrigatório na cidade do Rio de Janeiro. A medida foi aprovada pela Secretária Estadual de Saúde e foi aprovada pelo governador Cláudio Castro, entrando em vigor nesta quinta-feira, 28, depois de ter sido publicada no Diário Oficial. Na terça-feira, 26, um decreto municipal assinado pelo prefeito Eduardo Paes (PSD) fez com que a capital fluminense fosse a primeira do país a decretar a não obrigatoriedade do uso do equipamento. A resolução determina que municípios que se enquadrem em determinadas condições, sendo elas: apresentar risco baixo ou muito baixo para Covid-19 e ter vacinado 75% do público-alvo e/ou 65% de toda a população. O uso do equipamento segue obrigatório em espaços públicos fechados, transportes coletivos, estabelecimentos comerciais, industriais e de serviços.