Vídeos restringem capacidade de diálogo do presidente, afirma Maia

O presidente da Câmara avaliou que o vídeo publicado no Twitter de Jair Bolsonaro no qual ele é retratado como um leão atacado por hienas ‘tira o foco do que é principal e gera conflito entre poderes’

  • Por Jovem Pan
  • 30/10/2019 13h26
Marcelo Camargo/Agência BrasilRodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara dos Deputados, diz que vídeos publicados pelo presidente Bolsonaro 'podem gerar desunião'

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou, em entrevista à Globonews, que o vídeo publicado pelo presidente Jair Bolsonaro esta semana apenas “divide o País” e restringe a capacidade de diálogo do presidente.

O vídeo publicado em sua conta no Twitter mostra Bolsonaro como um leão sendo atacados por hienas, que representavam o Supremo Tribunal Federal (STF), partidos políticos e a imprensa, entre outras instituições.

Maia reconheceu que Bolsonaro tem melhorado o diálogo com o parlamento e que o pacote econômico do ministro da Economia, Paulo Guedes, é fundamental.

“Esses vídeos tiram foco do que é principal, geram conflitos entre os poderes e com os partidos. Foco nessas questões (vídeos) nos colocam numa agenda secundária, desnecessária. Tem de tomar cuidado para que um vídeo desse, que é desnecessário, não gere mais desunião”, alertou.

O presidente da Câmara também comentou na entrevista sobre os conflitos do PSL. Ele disse que a disputa de poder é legítima, mas que o governo deve ficar de fora dessa discussão para que o apoio às reformas não seja prejudicado.

*Com informações do Estadão Conteúdo