Sem acordo, votação de novo projeto de socorro aos estados é adiada

  • Por Jovem Pan
  • 08/04/2020 18h07 - Atualizado em 09/04/2020 08h34
Rodrigo Maia Aloisio Mauricio/Estadão ConteúdoRodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados

Com pontos polêmicos, como as regras de concessão de empréstimos a estados e a extensão de auxílio aos municípios, a votação do novo projeto de socorro aos entes federados apresentado nesta quarta-feira (8) pela Câmara ficou para amanhã, quinta-feira, dia 9.

Durante a sessão virtual do período das tarde, lideranças partidárias orientaram favoravelmente ao projeto. No entanto, nos bastidores, um grupo de deputados se movimentou para derrubar a votação nesta quarta-feira.

“A matéria tem ainda muita polêmica, muita gente querendo incluir temas de municípios, outros querendo tirar”, disse o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) pouco antes de interromper a sessão desta quarta.

“A gente poderia encerrar esse assunto por aqui… para que o relator possa ouvir todas as bancadas e amanhã nós continuamos com essa votação”, afirmou.

Na sequência, a sessão da Câmara foi encerrada e uma nova foi convocada para a quinta, às 10h (de Brasília).

*Com informações do Estadão Conteúdo